A Maldição do 52 - Gazeta do BalãoGazeta do Balão
A Maldição do 52
Publicado em 07/01/2019

Muitos de nós temos nossas superstições, não é? Nesses mais de 30 anos de balão, já vi de tudo, até gente que vai atrás de balão com a mesma cueca pra dar sorte. Fato é, que, pra quem acredita, existem na história alguns fatos que, além de curiosos, fazem com que os supersticiosos acreditem cada vez mais nas coisas que a gente vê.

No balão, principalmente nos gigantes, a história diz que balões de 52 metros nunca dão certo. Será? vamos conferir:

1 – Primeiro balão de 52 metros a ser feito foi o da Guerreiros da Paz de Campinas que tentou, junto com a Baloema soltar em Junho de 1992 e explodiu pouco antes de colocarem a bucha:

No ano seguinte, depois de reformado pela Emenda, ele subiu… Mas sem a bandeira:

2 – O segundo, o Truffi do meu amigo Anderson – SP, a bandeira caiu no lago, molhou e despencou em 2002:

3 – Em 2005, outro Truffi, desta vez da Balão Mágico – SP, depois de arrebentar toda a bandeira nas árvores, explodiu:

4 – Em 2008 o Pião da GBA (Grupo Balão Arte) de SP que quase queimou ainda nas guias quando chegou uma brisa violenta e sua bandeira, teve o mesmo fim da bandeira da Balão Mágico:

5 – Em 2009, a única exceção: O Pião da Aperto (PR):

6 – Em 2011, a Turma do Bola (RJ) também não obteve sucesso na soltura de seu Modelado quando, ainda nas guias, a churrasqueira quebrou e a bucha caiu.

 

Coincidências à parte, a história mostra que escolher 52 metros para fazer um balão é sim algo misterioso. Talvez seja apenas besteira, papo de baloeiro, mas que é curioso, isso é!

Mas e o da Aperto? Talvez ele tinha 51,99m, pode ser Nossa Senhora que abriu uma exceção, talvez eles benzeram…

Brincadeiras à parte com meus amigos do Paraná, você pode participar dando sua opinião no formulário abaixo.

Abraços

Dinho GB

Gostou? Curta e Compartilha!
  •  
  • 142
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    142
    Shares
Mande seu Recado:
Copyright © 2006 / 2019 - Gazeta do Balão | Todos os Direitos Reservados - Permitida a reprodução com citação da fonte
error: Não copie, compartilhe!