Edição 06 - Magia | Gazeta do Balão
Edição 06 – Magia
Publicado em 15/01/2019 | 304263 Visualizações

Publicada na edição 06 de Fevereiro de 1991

Na 6ª Edição da GB, a primeira de 1991, nossa homenagem aos baloeiros do Paraná. Apresentamos a Equipe Magia de Curitiba conhecida por seus balões fogueteiros.

GB:  Como nasceu a equipe, data de fundação, componentes, etc?

EM: A Equipe Magia formou-se da união das turmas do Sul: Alto da Glória do Vicente e da Turma da Vila da Vila Haver, onde se encontravam o Gordo, o Niquim e outros em fevereiro de 1986, quando em conjunto, soltaram um 4×4 com uma armação com o tema “Zé Carioca”, sendo resgatado pela própria equipe com ajuda de diversos baloeiros.

GB: Quais os primeiros balões?

EM: Pião de 8m, 3×3, 4×4, 5×5 fogueteiro, 6×6 fogueteiro resgatado da Turma da Noite de São Paulo, 6x2x6 fogueteiro resgatado da Turma da Amizade (Cortez) de São Paulo e um 5×5 letreiro.

GB: Qual o tamanho médio dos balões já lançados?

EM: Como toda equipe começamos pelos menores: 3×3, 4×4, 5×5. E o maior foi um 7x3x7 fogueteiro. Soltamos também um pião de 17m resgatado da Arranha Céu em São Paulo. Em conjunto com a TZN também de São Paulo, soltamos dia 15/11/1990 o Pião de 35m que foi solto pela Alvarenga. Curiosamente, a própria TZN o pegou novamente em Curitiba. Para breve, soltaremos um Golfier de 15m.

GB: Participaram de festivais? Qual a sua opinião sobre esses eventos, troféus?

EM: Sim, em 1986 feito em homenagem ao saudoso Lanza. Todos apreciam os eventos e gostariam de participar em outros, porque achamos que é uma das maneiras onde todos se confraternizam. Quanto aos troféus, falta um pouco mais de apoio devido ao elevado custo dos mesmos.

GB: Qual o balão mais importante na vida da equipe?

EM: Cada soltura de um novo balão tem sua importância em nossa história, mas foi a soltura do 7x3x7 pela 2º vez, o qual uniu muito a equipe que na época estava passando momentos difíceis.

2ª Soltura do Pião de 35m resgatado da Alvarenga pela TZN em SP e solto em parceria com Magia em 1990

GB: Fale um pouco balões de porte e os menores.

EM: Os menores servem para adquirirmos experiência em termos de confecção, decoração e soltura, servindo de escola para os mais novos da equipe e também para as equipes em formação. Quanto aos de porte, são os balões que provocam emoções e desafios e que fazem parte do objetivo da equipe que é o de sempre melhorar. Esses balões requerem mais técnicas, experiência e segurança que é o fundamental, como também responsabilidade do grupo. Somente agora é que a equipe com quase 5 anos está partindo para os balões maiores.

GB: Algum caso pitoresco na história da turma?

EM: Foi a queda de um balão em nossa sede e outra equipe resgatou. Sem comentários!

GB: Resgate…

EM: Apesar de ser a  melhor parte do mundo do balão, é o que mais gera problemas devido a desunião da maioria dos baloeiros. Problemas gerados principalmente por pessoas que nunca tenham tido experiência em resgate. A aflição do baloeiro em colocar a mão na boca e não em auxiliar é o que geralmente provoca os tumultos. Devemos nos conscientizar que as vezes, é melhor mantermos até uma certa distância e procurar auxiliar a não haver confusões.

GB: Gostaríamos de sabe se a Equipe Magia poderia colaborar com a GB fornecendo dados teóricos e práticos para a coluna “Saber” quando solicitado?

EM: Sempre foi uma característica da Equipe Magia em auxiliar outros baloeiros em tudo que está ao nosso alcance. Estamos sempre a disposição no que for possível.

GB: Mensagem final …

EM:  É necessário que a união e a responsabilidade entre os baloeiros seja cada vez maior, para que não sejamos encarados pela sociedade como incendiários ou destruidores. Não podemos deixar que a comunidade e as autoridades formem uma imagem negativa a nosso respeito e que sejamos vistos realmente como artistas que somos. Agradecemos a Gazeta do Balão pela oportunidade dada a nossa equipe e parabenizo a toda equipe de produção pela maneira inteligente e objetiva de fazer o jornal esclarecendo e unindo nossa imensa família baloeira.
Sucesso e abraço a todos Equipe Magia.

Magia: Arte – Luz e Cor nos céus do Paraná

A GB agradece a cooperação da Equipe Magia, o que nos motiva ainda mais em prosseguir nosso trabalho.

 

Gostou? Curta e Compartilha!

Mande seu Recado:

Copyright © 2006 / 2020 - Gazeta do Balão | Todos os Direitos Reservados - Permitida a reprodução com citação da fonte
error: Não copie, compartilhe!