Entrevista SAPEC – PR | Gazeta do Balão

sapec
Bom dia Nação Baloeira, é com imenso prazer que venho anunciar um grande acontecimento aqui no Paraná, no próximo domingo dia 03 de março de 2013, acontecerá o 2º Festival Ecológico de Balão Sem Fogo, em Cerro Azul – Paraná, depois de muita luta dos organizadores, membros da SAPEC, conseguiram o apoio do Município e do Ministério Público.

IMG_8813
O primeiro festival foi um sucesso, apesar de terem poucos balões escritos, pois muitos foram ver como funcionava, esse ano promete ser ainda maior e mais bonito, este evento tem como intuito mostrar que podemos soltar balões com segurança e respeito à natureza, além de que a organização fez também se tornar uma ação social, colocando como valor de inscrição Kits alimentos e Kits escolares, no ano passado em torno de 1 tonelada foram arrecadados, este ano se tudo ocorrer bem, muito mais pessoas necessitadas serão ajudadas, não só com o alimento mas com a alegria de ver o céu pintado de arte.
Para melhor entendimento e conhecimento do Festival, entrevistamos o Presidente da Sapec-Pr o Sr. Egbert Schlogel, da turma Arte Proibida.
GB: Primeiramente, vamos falar sobre quais as dificuldades que tiveram para a realização do 2º Festival, poderia nos dizer como lutaram para que houvesse a liberação e o apoio que tiveram?

SAPEC: O 2º evento era para ser realizado em novembro de 2012, mas como era ano de eleição não conseguimos nenhum documento, pois intitulava campanha. Assim que decidiu a eleição (1º turno) em Cerro Azul, apresentamos, com a grande ajuda do Secretário de Turismo, o nosso amigo Alexandre, um projeto de lei para os Vereadores, na qual, aprovaram, junto com o Prefeito na época. O Ministério Público emitiu nada a opor a realização, mas era muito em cima da hora para marcar o evento. Optamos em aguardar a entrada do novo Prefeito, (oposição). Veio 2013, nosso Amigão Alexandre agora (ex) secretário correu para nós com protocolos (M.P.) e agendamentos de reuniões. Fomos recebidos pela nova equipe do Prefeito e secretários e apresentando as nossas intenções para com o Município aceitaram a nossa proposta de realizar em março o evento.

GB: Quais os órgãos públicos e particulares que estão envolvidos no evento, desde a liberação até a realização?

SAPEC: Diretamente a Prefeitura e Secretaria de Turismo, o M.P. que deu o nada a opor, o IAP( Instituto Ambiental do Paraná) alguns patrocinadores amigos de Curitiba e patrocinadores de Cerro azul.

GB: Quais são os principais regulamentos para a realização do evento, e para que tenha sucesso?

SAPEC: Seguimos os mesmos regulamentos das demais Associações, trabalhamos em conjunto para o melhor. Somente papel de seda, sem metal, sem linhas muito resistentes e carga com um peso adequado.

GB: Ano passado a inscrição era doação de alimentos, e este ano vocês repetiram o processo, porém tiveram uma novidade, que foi a doação de materiais escolares também, como tiveram essa ideia, e quanto arrecadaram ano passado e qual a previsão para esse ano?

SAPEC: Sempre procuramos atender as necessidades do Município, como o novo Prefeito tem a prioridade na educação ofereci a doação do kit estudante como forma de, diríamos, ingresso ao local. Ano passado a Pastoral da Criança emitiu um documento de agradecimento a doação de 1.800 k de alimentos. Para este ano a previsão é aumentar.

GB: Com base no numero de inscrição do ano anterior esse ano teve aumento? Se sim, o que você julga que foi o fator para esse crescimento?

SAPEC:Sim, tivemos aumento nas inscrições. O fator do crescimento, acredito, é a campanha que estamos fazendo com um trabalho transparente, apresentando a proposta alternativa para mantermos a tradição, tudo isto sem custas a ninguém.

GB: Quais as expectativas para o 2º Festival Ecológico de Balão sem Fogo que será realizado no próximo dia 3?

SAPEC: São as melhores com certeza, estamos com uma estrutura maravilhosa para receber a todos. O clima promete ajudar, seremos abençoados.

GB: Qual o principal intuito da realização desses festivais?

SAPEC: Como já falei, manter a tradição de soltar balões, mas de uma forma sustentável sem bater de frente com a lei. Certamente buscamos juntos com as demais Associações a liberação e o respeito perante a mídia e a população. Sempre digo que, a arte de um baloeiro não é só fazer balões mas sim; Amigos. A interação com outros estados e países é maravilhosa, o balão ultrapassa fronteiras.

Confira as fotos do 1º Festival de Balões sem fogo do Paraná que foi realizado em 07 de abril de 2012 na cidade de Cerro Azul:

GB: Havendo o sucesso nesse 2º Festival em Cerro Azul, você vê a possibilidade de uma liberação Futura em Curitiba e também em outros Estados sendo regulamentado e possibilitado as solturas mesmo sem festivais? Sendo que no RJ já está regulamentado?

SAPEC: Nunca penso negativo, digo que será um sucesso sempre, mas não posso aprovar (no meu ver, ok), a liberação total. Por mais que leis foram criadas regulamentando a soltura de balões sem fogo, temos, e muito, que respeitar o espaço aéreo (Aeronáutica). Temos que trabalhar em conjunto, buscando uma localidade onde não haja atrapalho ao tráfego aéreo. Temos (SAPEC) um projeto com o nosso vereador que deverá apresentar este ano para Curitiba, mas, veja bem, as solturas deverão ser organizadas em eventos e elegemos Cerro Azul como local. O porque de tudo isto é que, já temos um parecer da Aeronáutica que Cerro azul não há implicação ao tráfego aéreo, mas temos que protocolar pedido de emissão do NOTAM que traduzindo seria notificação de ocupação do espaço aéreo.

GB: Para a equipe SAPEC, qual o sentimento em ver mais um evento dando certo e tendo o sucesso e repercussão?

SAPEC: O trabalho da SAPEC é também social, não pensamos jamais em lucrar, um exemplo é a venda das camisetas, o lucro que é pequeno, será revertido em material escolar, em livros infantis para a Pastoral da Criança. Estamos montando uma biblioteca para as crianças e tudo isto é gratificante para nós. Ajudamos na maior festa infantil realizada particularmente em Curitiba com arrecadação e mão de obra. E o evento correndo tudo certo, com muito respeito ao Município que abre as portas para os artistas, não queremos mais nada. Não podemos esquecer de comentar que temos a SAPEC, temos a Prefeitura e Secretarias ajudando, mas não seria possível sem os Artistas, baloeiros do bem, que aceitam o balão sem fogo como alternativa da continuidade da nossa cultura. Ouvi dizer que tiramos o coração do balão (bucha), uma inverdade, o coração somos nós, baloeiros, que os criamos e damos vida. VIVA O BALÃO SEM FOGO!

Gostaríamos de agradecer a disponibilidade do presidente em nos atender, e parabenizar a toda a equipe Sapec, e aos Baloeiros d Paraná que irão partcipar desse evento, e agradecer aos parceiros que possibiliaram a realização, e dar as boas vindas as turmas de fora do Estado que irão prestigiar ou até mesmo nos presentear com sua arte.
Galera espero que gostem da notícia, e segunda tem a cobertura completa do festival.
Abração da amiga de vocês

Fabi – Pantera Cor de Rosa e correspondente da GB no Paraná

Comentários:

Copyright © 2006 / 2018 - Gazeta do Balão | Todos os Direitos Reservados - Permitida a reprodução com citação da fonte