O Pião que parou o ABC | Gazeta do Balão
O Pião que parou o ABC
Publicado em 08/12/2011 | 572500 Visualizações

25 de dezembro de 1995. Manhã de Natal com muito balões em São Paulo, coisa rara, pois quem conhece a terra da garoa sabe que balão há muito tempo não vem combinando com as festas de fim de ano. Mas naquela manhã o tempo estava bom e uma das maiores turmas da história do ABC paulista, a Caverna (Santo André), soltou seu lindo e inesquecível Pião de 42 metros.

Um pião de 42 metros! A ideia de construir esse balão, nasceu quando os irmãos Edson e Rogério viram o pião de 42m verde e palha da Turma da Bruxa, do Rio em 1986. Antigamente, era dificílimo arrumar o molde.

Pião de 45m da Turma da Bruxa solto em 1985

Durante toda a década de 80 somente 2 moldes deste tamanho existiam: do Ivo Patrocínio e do Tião da Bruxa. Nesta época, todos os balões gigantes que foram feitos seguiam estes 2 moldes, haja vista que na década de 80, subiram 8 piões com esses moldes. Em busca do sonhado molde, a turma da Caverna só conseguiu em 1993, quando conheceram o próprio criador do molde, Tião da Turma da Bruxa na festa de entrega da boca de ouro do ABC de 1992 organizada pelo simpático casal de lojistas Toni e Rosa. Com o molde nas mãos partiram para o projeto e muita gente não sabe, mas fizeram dois piões de 42m.

O primeiro, cortado pelo Pascoale da Baloema, desistiram de fazer no meio do trabalho, pois constataram um erro no molde. Pediram ao Paulinho da Ícaro para cortar outro pião e, no meio da confecção, mais uma tragédia. Perderam um cone inteiro do balão por causa de um cintamento errado. O Paulinho cortou outro cone e assim, pouco mais de um anos depois, o lindo pião azul com o tema bíblico que retratava as passagens de Gênesis foi para os céus de Santo André, na manhã do Natal de 1995.

Mas nem tudo foi festa. O vento virou justo na hora que a bucha foi acessa. Já nas guias, tentaram trazer o balão, virar a bandeira mas não teve jeito. Mesmo com a  bandeira pequena para ele, ela se destruiu com o vai e vem no campo e o balão subiu apenas no cabresto.

Ficou o dia todo desfilando por São Paulo, foi até Ribeirão Preto e caiu às 20:45 em Granja Viana, cidade próxima a Cotia na Grande São Paulo. Foi resgatado pela Turma do Morcego de Carapicuíba, mas foi levado pela polícia e não se tem notícias de onde foi parar.
Dados Técnicos:

Tamanho Real: 42,10m

Molde: Tião, Turma da Bruxa – RJ

Tema: “Gênesis – A Origem do Universo”

Boca: 3,9m

Bucha: 25kg

Tempo de confecção: 10 meses

Antena: 46m de flechas e varas de pesca

Cabresto: 88m – Rami

Guias: 5 laterais e um 1 central

Tamanho da bandeira: 45×56m

Data de soltura: 25/12/1995

Tempo de voo: 13 horas e 15 minutos

 

Gostou? Curta e Compartilha!
  • 42
    Shares

Mande seu Recado:

Copyright © 2006 / 2019 - Gazeta do Balão | Todos os Direitos Reservados - Permitida a reprodução com citação da fonte
error: Não copie, compartilhe!