Tia, posso pegar o balão? | Gazeta do Balão


Olá amigos! Muitos de nós que fazemos balão também gostamos de pegar. Para alguns, resgatar é uma arte a parte pois é necessário além de sorte, conhecimento sobre direção dos ventos, estradas e muita coragem em entrar em matas fechadas para pegar um balão. Quantas vezes, principalmente a noite, não entramos em um lugar e não conseguimos sair? Ou corremos de cachorros, caímos em buracos, rasgamos a roupa em cercas de arame farpado?

Histórias de resgates são infinitas, todos que gostam sempre tem uma boa história pra contar. Fato que desde os primórdios do balão, já existiam as turmas que só viviam disso e até hoje ainda temos muitas turmas que se dedicam apenas a resgatar balões.

Todos nós, quando crianças corríamos atrás de balões. Essa arte tem um encanto inexplicável e mesmo os adultos que não vão atrás, criticam os resgateiros, quando criança corria atrás com os amigos, perdia o chinelo correndo, se arranhava todo nos muros, tocava campainha e falava: “Tia, posso pegar o balão?”. E ainda ela respondia: “Que balão meu filho?”.

Pois é! Para muitos ver um balão caindo perto de casa pode até ser legal mas será que se um dia um cair na sua casa você vai gostar? Meu pai por exemplo, sonhava em acordar um dia e ver um 16×16 caído no quintal é mole? Coitado! Não do meu pai, mas do telhado. Talvez na época dele isso seria menos pior mas nos dias de hoje, um balão desse atrai tanta gente que teria que contratar um bom telhadista depois que os baloeiros fossem embora.

Comigo eu não tenho esse sonho não, quer dizer pesadelo. Aqui em casa por exemplo, já bateram vários na trave. Já caiu um balão na Creche em frente de casa. E os baloeiros ainda jogaram restos de guias e da bandeira no meu quintal só de zoação com a gente pois nós não estávamos. Também caiu um 3×3 bojado na esquina de baixo e o último, uma estrela de 3 metros caiu na casa de trás (esta tranqueira na foto). Se tivesse uma bandeira ou qualquer coisa presa a boca ela caia no meu quintal, que beleza! Beleza porque era um Maria Preta e só o pessoal da minha turma tava atrás e me acordaram. Foi legal, mas não seria nem a pau se fosse um maior.

E vocês? Já tiveram essa sorte – ou azar dependendo do ponto de vista, de um balão cair na sua casa?

Comentários:

  1. VENTO ZERO disse:

    ESSE ARTIGO DEVERIA SER INDICADO PARA OS “INDIOS DE PLNTAO” QUE NAO RESGATAM NADA, MANCHAM A IMAGEM , E AIDA POR CIMA DESTROEM ,TUDO O QUE VEM PELA FRENTE…..! ! !
    OTIMO ARTIGO GB !

  2. Zeu disse:

    Dinho, pelo seu ponto de vista eu sou considerado um cara sortudo até demais, pois já resgatei um modelado de 3 metros que caiu apagado no meu quintal, um chineisão que também caiu no quintal bem em cima do varal de roupas, um caixa de 16 folhas que caiu em cima do telhado e mais um truff de 3 metros que caiu na garagem.
    Agora, balão grande só é legal ver caindo na casa dos outros, pois a bagunça que os resgateiros de plantão fazem todo mundo já conhece.

  3. Denilson Familia disse:

    Realmente é um sonho imcomum este do seu pai… mas pra ser mais especifico teria que ser com muita sorte pra não se tornar pesadelo… pois hj em dia é realmente raro que caia uma maria preta sequer sem que atraia dezenas de Baloeiros , curiosos e alem é claro dos famosos índios.
    Seria muito bom que todos refletissem desta forma…. “E se fosse minha casa, meu telhado, etc…. Reconheço que algumas vezes em resgate não medi meus atos e consequências a mim e a terceiros mas graças a deus nunca aconteceu nada de ruim comigo…(e graças a Deus muito menos a terceiros), temos que assumir nossos atos e fazer o possível para que nossa imagem seja mudada, não criticando os outros mas sim revendo nossas própria ações.

  4. Dinho GB disse:

    Zeu, que inveja de vc! rsrsrs

  5. Rafael Augusto disse:

    Fala aÍ galera, pow , aqui foi sorte e azar ao mesmo tempo, a sorte foi q caiu um 8×8 noturno, a armação arrastou na rua e o balão ficou num coqueiro q tem aqui em casa, o azar foi q eu não tinha nascido kkkkkkkk, mas por conta disso, minha mãe tem trauma de balão até hj.

  6. kiko zn sampa - Colorado Pr disse:

    Eu tenho 2 lembranças de uns 20 anos atras….uma delas e que tive que ir dormir na casa da minha vo, eu minha irma, e minha mae…pelo motivo de meu avo nao estar bem de saude, so que no outro dia em que voltamos pra casa, isso um bairro colado ao outro no mandaqui zn de sampa, chegamos pela manha em casa, e quando vimos minha casa cheia de papel de seda queimados, meus carrinhos viraram borracha derretida, meus amigos da rua so falaravam que tinha caido um balao enorme emcima de casa, o outro pouco tempo depois foi de madrugada, um letreiro, caio bem em cima do poste, eu e minha mae fomos acordados pelos meus amigos da rua em cima do telhado…eu querendo subir tb e minha mae brigando comigo…kkk ficaram para sempre na memoria..Abraços Gb

  7. felipe eq os correria disse:

    eai tia deicha eu pega o balao ai por favor tia vai tia rsrsrsrsr

  8. Barrichelo Turma daTorre disse:

    É pessoal.
    Essa frase ,posso pegar o balão, tio?, já ficou para trás muito tempo.
    Naquele tempo existia valores hoje desconsiderados ou extintos;um deles era o respeito ao próximo.
    Você pedindo ,jamais alguém iria negar , sem falar que naquela época o balão não era tão discriminado que nem agora.
    Lembro-me de uma vez , pedimos para uma senhora para entrar ,ela falou:o cachorro pode morder vocês, deixa que eu pego;rapaz ela trouxe o balão de arrasto,puxando pelo bico e jogou por cima da grade.
    Por incrível que pareça o balão não rasgou e ainda tinha um restinho de tocha nele.

  9. Sinderlei Raio de Sol disse:

    meu isso até parece perseguiçao sempre q chego em casa na madrugada ou a noite imagino q vou olhar pro céu e vai ter uma pelota descendo na rua toda apagada, mais quando aconte nunca estou presente uma vez na madrugada caiu um bojado encima de casa tinha uns baloeiros atras minha mae acordou assustada o balao tinha queimado minha mae apogou o fogo com a mangueira eles levaram a boca embora, quando acordei no outro dia tinha uma porrasa de lanterna na arvore e umas no quintal ai minha mãe falou oq era eu no maior sono dormindo.. outra eu tinha uns 7 anos um truff de mais ou menos 14mts desceu quase em frente de casa mais destruiram tudo..eu tbm uma vez chegando em casa na madruga logo q abri o portão para guardar o carro tomei um susto tava saindo carro e moto de tudo qnto era lugar assustado guardei o carro e fui fechar o porta rapido qndo vi um dos carros com um resto de antena encima, ja pensei é balao qndo olhei era um letreiro 4×4 quase todo apagado, caiu na rua de cima subimos la pra ver mais ja tava forrado de gente, outra na minha sogra onde passava mais tempo q em casa tinha saido qndo cheguei tinha uma par de restos no fio meu sogro falou q era um puta balao mais tbm não sobrou nada isso só acontece qndo ñ estou presente kkk é foddd..

  10. eder disse:

    foi c o tempo de pedir com educaçao, hoje invadem, depredam e ainda ameaçam o proprietario!!!!!!

  11. Clodoaldo Sales.turma do sales.N.Iguaçu.RJ disse:

    Infelizmente o único balão que caiu no telhado lá de casa foi um truff de 8m fog,mas eu puxei ele pela calha com medo de quebrar a telha e ele acabou queimando e isso em 89.os caras estavan no portão e o cão latindo mt onde acordei subi no telhado e ví o balão q felicidade,até o fogo lamber.valeu

  12. Marcio/ sem turma disse:

    Amigo Zeu, tua casa tem algum tipo de imã que atrai balão?. Concordo com o Dinho, que sorte!!!!!!!

  13. Rafael Felipe (Arte Caixa R.J) disse:

    Já tive o desprazer de ver inumeros casos de vandalismos, mas também de cenas que ficaram guardadas em minha memoria para sempre.
    Uma destas, foi quando um Golfier veio caindo em um brejo próximo aonde moro. Muitos adentraram o mesmo, mas se esquecerão que tinha uma quantidade abisurda de “Sanguisugas”. Quando a galera foi saindo do brejo e foram vendo manchas pretas pelo corpo todos gritavam assim: Caraca mano, deu ruim! Todos estavão lotados de gigantescas Sanguisugas e eu quase morri de tanto desespero. (kkkkkkkkkkkkkk)
    Na minha casa para não dizer que nunca caiu nada, ja bojou um Japonês,e minha irmã o pegou e guardou ele por três anos. Eu ainda dou preferência a confecção, mas quem nunca curtiu o gostinho de chegar na boca de um belo junino? Como beloeiro que sou, queria deixar aqui o meu recado aos “resgateiros de plantão”… Não faça para os outros aquilo que não gostaria que fosse feito com você!
    Mas como os indios são disprovidos de raciocinio logíco, vou sair como um cara careta que não gosta de aventura.
    Agradeço todos os dias a Deus por ter me dado o dom de confeccionar. Forte abraço a todos estes que tiveram a chance de curtir a época de ouro do balão ( 90 a 00). Após isso, so se propagou a baderna…

    Um forte abraço aos amigos e companheiros baloeiros cofeccionadores. E os (Tia deixa eu pegar esse balão) vai atrás sem fazer fazer m…!

  14. milton turma pressão total guarulhos disse:

    Bom tenho tantas pra contar que ficaria um tempão aqui,rsrsrsrsrsr…..Sempre amei correr atras dos balões naquela epoca era diferente,nunca fui de invadir a casa de ninguém……Mais num belo domingo, acordava sempre cedo para ver os balões e até ho je claro,estava eu no telhado de casa quando olho pro lado um balão descendo,nóssa pensei que fosse um gigante e quando cheguei lá um 2 folha,pensa que da hora só eu e Deus…..Ele caiu em cima da lage e como ainda estava em construção não tive problemas……

  15. milton turma pressão total guarulhos disse:

    Outra emocionante foi um 5 folhas,pensa em pleno domingão um nevoeiro que não dava pra ver nada,mais ja tinha varios no alto e só ouvindo os fogos arrebentando…Não demorou nada e quando olho pro alto,só as esteiras aparecendo putzzzzz que emoção sai num pinote e peguei sózinho naquele bocão em seguida os amigos chegaram,caiu do lado de uma casa num tereno………Pena que os caras chegaram dizendo que ia dar uma força,e levaram ele pra bancada,e que iriamos soltar juntos to esparando até hoje…..rsrsrsrsrsrsr

  16. Marcão - TIB disse:

    Em meados de 94, se não me engano, sabíamos que a Turma da Praça do Aeroporto iria soltar um 5×5 vermelhão noturno, e na época eu era da Vila Nova E Paixão, e algumas horas depois escutamos os fogos pois nossa bancada era na região da Vila Nova Conceição / Moema, e como sabíamos de onde sairia o vermelhão, ficamos esperando ele vir mais para irmos ao resgate, e ele puxou sentido Morumbi ficou rodando, até que resolveu voltar, e nisso muitas pessoas no resgate, já que na época, um 5×5 chamava muito a atenção na época. Resumindo: ele desceu duas casas do lado da nossa bancada e ainda chegamos atrasados. O balão deu uma destruída e não me recordo o que deu com esse balão depois, mas foi um resgate que ficou marcado, já que foram muitos…Abraços à todos e quem se lembrar comente aí !!!

  17. roberto tec disse:

    Eu não sou muito fan de resgate,isso não quer dizer que eu sou contra,eu gosto de ver ele sair da mão,conheço um pá de cara que não chega nem no campo e quando chega e só pra ver o tanto de bucha, da um salve na galera e sair primeiro que o balão.quem conheceu o mano GU sabe ele era assim também…esteja em paz GU onde quer que esteja.
    Bons tempos antigamente eu via os bitelos no alto e imaginava bem que podia cair aqui em casa ,que não lembra do tempo de criança, aquela musiquinha cai cai balão aqui na minha mão .E só pra não deixar passar batido.E ai BI beleza saiu bem na foto…

  18. Coruja - Guardioes da Padra do Urubu - Valinhos disse:

    No meu caso foi bem engraçado, pois meu tio que começou a extinta Equipe Alfa de Valinhos, saia todos os domingos para fazer os resgates e teve uma epoca que ele nao tava pegando nada. Numa bela tarde de domingo ele saiu com meus primos mais velhos para mais um resgate mais o ingraçado foi que logo depois que eles sairam um truffi bandeirado de 8m caiu bem em cima da nossa casa, ainda bem que deu para puxar a guia e trase-lo para rua pois a galera já queria invadi, no final das contas um carinha da mesma rua ganho no sorteio e deu o balao pra gente. Quando meu tio chegou todods zuarao ele pois como nas outras vezes ele voltou sem balao nenhum e o melhor nois tinhamos pego sem sair de casa.
    abraço a todos

  19. Bolinha - Campinas disse:

    A minha historia foi a seguinte, quando muleque sempre via os baloes mais não tinha tamta admiração, passei a gostar depois, quando um domindo a tarde caiu no quintal de casa um 6 metros, acho que mais ou menos tinhas umas 100 pessoas, dai pra frente so balão e é claro resgate…

  20. turma do dele disse:

    eu tive o previlegio de ver cair no meu quintal em 1991 um piao carrapeta todo roxo veio de osasco era um piao de 20 acabaram com a horta de meu pai na epoca eu tinha 12 anos foi ilario estava no banheiro e derrepente so ouvia o barulho de gente gritando morava em santa proximo ao cemiterio chora menino resgataram inteira bpara nossa sorte.

  21. deivid turma tda rj disse:

    po nunca tive essa sorte de cai na minha casa mas uma vez eu com uns amigos na esquina da minha casa era umas 10 da noite um amigo meu olho pro alto e viu um, modelado de 4 m com fogos apagado na mesma hora ja sai correndo ele caiu atras da igreja tinha mato ATE O PESCOÇO quase me afoguei no meio dos matos mas consegui pega foi emocionante

  22. lucas @rte vida disse:

    teve um dia de sao joao que estava doente eo amigos aqui da rua ficaram vigiando balao a noite td e eu em casa puto demais la pra 3 da madrugada escutei uma barulheira de cachorro latindo foi quando sair na varanda da minha e elhoi pra tras da minha casa um truff de 8 mts com 3 gaiola td falhado eu que tava com 40 de febre numca subi num muro tao rapido e beguei a pelota soozinho meu amigos ficaram bolado pois ficaram a noite td e nao pegaram nada
    essa foi um dos melhores resgate vlw forte abç a tds lucas arte vida

  23. MARCIO TURMA DO GORRO disse:

    Vamos voltar para o ano de 1983, estavamos jogando bola na rua com meus amigos e tinha um amigo que tinha problema mental o ZÈ LILITO, derrepente apareceu um balão 3×3 caindo bem perto da onde agente estava jogando, largamos tudo e fomos atraz, ficou pelo caminho chinelo, camiseta,bola,molecada tudo com 13 a 15 anos inclusive eu .Chegamos primeiro debaixo do balão era para nos pegarmos sozinho o balão,derrepente começou a chegar um monte de carro com o pessoal do resgate só cara grande, estes mandaram eu e meus amigos se afastarem nos EXPULSARAM DE BAIXO DO BALÃO,Meu colega este com problemas de cabeça ficou revoltado e ninguem segurava este menino chingava os caras o Zé LILITO PEGOU UM TIJOLO, E ANTES QUE O BALÃO CHEGASSE NA MÃO DOS CARAS ELE JOGOU O TIJOLO e acertou bem no meio da batata ARREGAÇOU o balão no meio, BICHO foi uma correria para pegar o ZÉ LILITO ele corria pela avenida CRUZEIRO DO SUL no meio dos carros, e quem falou quem pegou o garoto.KKKKKKKKKKKKKK

  24. DESENHAR GUAIANAZES disse:

    a unica coisa que caiu em casa foi um bocudo 5 folhinhas de seda kkkkkkkkkkkk mais aqui na rua ja caiu varios…….

  25. Alex Pina disse:

    Uma certa noite estavamos em frente minha casa na Vila Mariana esperando balão eu e mais uma molecada, quando olhamos saindo da neblina um balão quase apagado só aquele foguinho piscando, como ao sair da minha rua tinhamos que pegar um subidão para chegar na parte alta do bairro e muitas vezes chegavamos atrasados nos balões por não aguentar subir aquela pirambeira, ao vêr o balão saímos todos correndo que nem loucos sem olhar para balão subimos até a parte alta e quando chegamos lá em cima é que fomos olhar onde o balão estava, e para nossa surpresa o balão havia sumido, procuramos por todo lado e nada do balão, desistimos e voltamos para minha casa , e ao chegar em casa meu pai e seus amigos rachando de rir de nós, pois o balão havia caído exatamente em frente da minha casa onde estavamos sentado, só que o desespero de não chegar no balão por conta do subidão nos fez sair correndo sem ao menos calcular onde o balão iria cair ou seja no nosso colo, que marrecada, mas dá muita saudades.

  26. GIUL disse:

    Quem mora na Z/L de SP próximo a Cid Patriarca vai se lembrar em uma passagem de ano de um 9×9 verde e branco, fogueteiro que caiu todo falhado. Na época eu tinha uns 16 anos e fiquei com meu pai acordado até de madruga vendo os balões, mas quando já estavamos deitados ouvimos um barulho no telhado, eram as fogueteiras arrastando e o balão caiu atrás de casa e como não deu tempo de chegar ninguém o mesmo começou a queimar e assim ascendeu todos os fogos, o meu pai tentou abrir a porta de casa, mas parecia que a casa estava sendo bombardeada. Outro foi no dia da morte do SENNA, nós estávamos no resgate, mas como os balões estavam muito longe decidimos voltar e soltar o nosso 5×5 e no retorno avistamos uma careca de 18 e a mesma veio a descer em cima de um sobrado na esquina de casa e o dono assustado com a invasão saiu armado querendo dar tiro para todo lado. E o último faz + ou – uns 6 anos, quando ao sair da madrugada da casa da minha noiva (hoje minha esposa), vi uma pelota apagada e como estava sozinho disse: não vou nem olhar muito para não ir no resgate, quando cheguei em casa o balão estava bem baixo e veio a cair em cima de casa, era um lapido de 8 fogueteiro, a rua encheu de gente e policia, tive que esconder dois baloeiros em casa ate a policia queimar o balão e ir embora, lembro que um era da Vila União o outro eu não lembro. De todos citados apenas soltei a careca, pois em conjunto com a turma que havia ganho no sorteio e que eram nossos amigos, arrumamos o junino e mandamos pro alto com um monte de esteiras resgatadas he he he. Agora repito a pergunta: SORTE OU AZAR.

  27. bozzo progresso disse:

    hoje dia 22/02/2012 as 21:56 dinho gb aki na minha casa veio me dar os parabens pois é meu aniversario e acabou de cair um chines atraz do carro dele tempo fechado acabou de chover ,resumindo vai entender.

  28. DANILO / Balomanda zN disse:

    Um certo dia resolvi cabular aula só pra variar rsrs……..saindo da escola eu sempre cortava caminho pra chegar até o ponto de ônibus, mas nesse dia resolvi ir pelo caminho mais longo….. foi ai que por volta de umas 22:00 o tempo estava fechado e ainda estava friu e sem nenhuma possibilidade de soltar um balão ….Maaaas de repente cai um Chineisinho bem na minha frente, o mais engraça é que não fiz esforço nenhum foi só dar uns 2 passos pra frente e pegar o Bitelo sozinhooo kkkkkk foi inacreditável decidi fazer o caminho mais longo e cai um Chines bem na minha frente rsrs e detalhe a uns 100 mts a frente tinhta uma viatura ….dobrei o junino e coloquei na Mochila e sai na maior cara lavada kkkkkk..

  29. SOMBRA DA NOITE disse:

    SHOWWWWWWWWWW…FICO TODOS OS DIAS ESPERANDO AQUELE BALAOZINHO SAIR ATRAS DE MAIRIPORA E REGIÃO …VENTO DIREÇÃO A VILA MEDEIROS …E SÓ ESPERAR O RESGATE PERFEITO …. KKKKKK

  30. ALÊ LOCO disse:

    Sim, em uma noite forrada de balões , ficavamos lá na cantareira obs era um lugar que parava vários baloeiros da zona norte que se chamava BAIXADÃO , hoje por ironia do destino é um batalhão de bombeiro, bom era uma noite com muitos no alto e eu morava em uma travessa da AV: Cantareira exatamente na Rua Ismael Neri 541
    Do baixadão Vi um balão descendo na direção de casa ,fiquei olhando no binóculo e o balão descendo , era um caixa de 16 folhas branco e vermelho , ele caiu em cima de um telhadinho onde minha mãe estendia roupa e ficou paradinho saimos a mil com uma brasoca que corriamos , parei em frente ao portão e sai correndo à morava na terceira casa ,passei a mil todo os vizinhos se assustaram , cheguei e caixinha estava lá me esperando nuca foi tão facil pegar um balão e guardar muito bom quem já viveu está época ALÊ LOCO TURMA DA CANTAREIRA.

  31. Muleta - Neblina VF disse:

    Toda epoca de festa junina, eu ficava no portão esperando os balões subir para ir atrás, enquanto o balão não passasse por cima de casa eu não tirava o olho dele até certificar que ele iria cair longe de casa, e toda vez que eu via um balão no alto fazia a mesma coisa, até que uma bela noite eu vi um balão vindo em direção da minha casa, só que todos balões sempre passava de casa aquele dia resolvi não acompanhar ele….Lei de Murphy passado uns 30 minutos que entrei escutei um barulho e meu cachorro latindo….advinha o que era? O balão que não quis acompanhar desceu na frente do meu portão, até enrroscou na lança do portão….ao chegar no portão apenas uma pessoa toda feliz desenroscando ele…. pegou sozinho, imagina o desespero que me deu….quase que meu deu um treco…kkkkkkkkk depois desse dia ni=unca mais caiu nada nem chineizinho….

  32. GALO - TURMA ATITUDE RJ disse:

    Era um domingo de maio de 1997, estava na minha rua com minha filha de oito meses no carrinho de bebe, como fazia todos domingos de manhã, pra ela pegar seu solzinho e eu ver os balões subindo …e caindo rsrsrs, quando do nada vem um pião de uns 7 metros com um letreiro to embrulhado já, eu sozinho na minha rua com minha filha no carrinho, não dava tempo de levar ela pra casa, e el veio descendo muito rapido todo apagado, não teve jeito, sai correndo com o carrinho pro fim da rua, o balão caiu numa casa em cima do telhado, travei o carrinho nas rodas, subi no muro e peguei ele pelo letreiro, puxando rápido com medo do borrão pegar fogo no balão, que beleza, minha filha ficou quietinha me vendo em cima do muro com aquele balão na mão, enrolei ele de qualquer jeito, e quando desci do muro chegou um carro com treis caras, mais já estava tudo dominado, pior foi ver minha esposa subindo a rua e balançando a kabeça rsrsrss,, vc não tem jeito mesmo…sabia que vc ia atrás desse balão, quando olhei pro alto. kkkk ela ficou brava, mas depois fiz um letreiro com o nome da minha filha GABRIELA e soltei no belo pião. saudades boas, saudações tricolres GALO

  33. T. Rabugentos Z/L disse:

    Lembrei de um amigo meu “Fabiano”…Que na epoca era do GRUPO UFO, viviamos no resgate em seu opala branco envenenado…Era madrugada a fora…manha ate atardecer….Um domingo passamos a manha toda no “arthur frederach”..ou marselha vendo a revoada de baloes…tinha gente de todo lugar la…era caminhoes cheios de baloes…Chegamos soltamos um caixa de 48 que pegamos na manha…E 2×2 que tinhamos riscados….Depois fomos tomar algumas cervejas…A noite ele foi para a casa da namorada dele…E como ele disse…”caralho…dois modelados conjulgados letreiro desceu em cima do telhado…So escutei a galera invadindo…”….Imagina o susto…os baloes foram divididos…um ficou aqui na area mesmo…e o outro levaram para itaquera…Depois disso…ele soube o que subir nas casas para resgatar um balao….Depois de duas semanas arrumamos um camarada com uma perua velha…Enchemos ela de bebidas…E fomos em 8 no resgate….Era ano de 2001…Em plena epoca junina…resgatamos 12 baloes…8 na madrugada…4 de manha….dos 12…o que mais orestava era uma carega de 16 mts…que caiu em maua…Fogueteira noturna…Toda taqueada…E um 5×5 bandeira da branca de neve e os sete anoes…O resto era 3×3 2×2…uns caixinhas mixiriquinha….Em casa…Ja amanheci com um 3×3 jogado na minha laje..e no telhado da vizinha bojado e uma gaiola de cometinhas…um mofadao de 64 folhas. “esse inclusive estavamos no terreno em frente de casa soltando um caixa de 24, quando ele apagadinho passou por cima da gente…estavamos quase soltando o caixa…”….Boca d eoleo parece praga sempre cai aqui…e 2 chineisinhos….Mais isso ate 2006…2007….Depois disso naum esta caindo mais nem pipa aqui….”VAMOS ZONA LESTE, SOLTAR BALAO COMO ANTES”….bela materia dinho…nos faz lembrar os bons tempos…como o “borrao….POSSO PEGAR O BALAO TIA”…Vlw!

  34. TFC Campinas SP disse:

    KKKK engraçado pq antes de eu me dedicar e me apaixonar pelas pelotas eu estava pescando eis que cai um 10 metros exatamenteeee do MEU LADO EXATAMENTE com a boka do meu lado do lado da isca qe eu tava usando kkk pois é nao dei mt importancia as pessoas do pesqueiro meio sem saber oqe fazer recolheram akele modelado de 10 mtros kk e eu fui embora com akela imagn na cabeça , AXO QE NUNCA MAS VOU TER ESSA SORTE AGORA QE SOU APAIXONADO

  35. Adauto - Aguia Real z/s disse:

    Poxa estava lembrando esses dias de um 5×5 letreiro que desceu na vila olimpia, foi muito engraçado, pois naquela época meu pai não deixava ficar na rua depois das 22:00hs, pois na Bandeirantes era perigoso demais. Então ficava no quintal igual louco e uma noite de sábado eu e o Daniel (palito ex TIB) estavamos reclamando que não tinha nada no céu, quando o pai dele o chamou e meu pai apareceu em seguida mandando entrar. Então fui tomar banho e jantar, era sábado a noite e iria passar o jogo do Santos na TV, naquela época passavam jogos de sábado a noite na record, então assistimos o jogo e fui dormir, só que após meu pai ir dormir, fui escondido para o quintal como sempre fazia, já era depois da meia noite e quando olhei para o alto um baita 5×5 caindo e sai correndo atrás e para surpresa o balão descendo ali na esquina, foi quando olhei para a casa do palito e o letreiro em cima da casa e gritava desesperado e ele nada, o irmão dele nada, o pai dele nada, os vizinhos nada. E eu pensando meu Deus estou sozinho e ninguém acorda KKKKKK, daí corri para tentar achar o guia, mas estava dentro do quintal da casa dele, foi quando do nada parou um monte de carros na Avenida e foram pelo quarteirão de trás e conseguiram chegar no outro guia que estava lá no meio do quarteirão e o bichão começou a descer na rua sem saída que eu estava. Pensei é meu, quando olhei para trás vinha dois caras correndo, falei agora sorteia nos três, para minha surpresa, um era meu pai e o outro era o Reginaldo um baloeiro que morava numa firma que tinha na esquina. Meu pai chegou e deu aquele grito “-moleque FDP!!!, Sua mãe vai te arrebentar!!!Mas que o balão é lindo mesmo!!! E o Reginaldo e a gente abaixamos o balão e os outros puxando as cordas para queimar, mas a gente conseguiu cortar e tirar a bucha que ainda estava forte. O Reginaldo ficou com o balão, fui para casa e apanhei da minha mãe KKKKKKK e para piorar no outro dia o palito vem correndo e diz: “- Meu, não sei o que aconteceu, mas alguém jogou um monte de lanterninha no meu quintal. Daí disse a ele e fomos no Reginaldo e quando vimos o balão, as decorações que pareciam ser lindas, não passavam de remendos com papel de outras cores KKKKKKKKK O balão era branco e era todo remendado de vermelho, azul, verde KKKKKKKKKKKK parecia uma calça de festa junina KKKKKKK

  36. eu tinha uns 8 anos e nos finais de semana saia com meu pai atras de balões, em um sabado rodamos até umas 2 da manhã e nada de chegar nos balões, acabamos indo pra casa e quando viramos a esquina vimos um balão encima da lagem da garagem de casa, era um 3×3 bojado e quem tinha pego foi o Eliazar da Chumbo Grosso, não acreditava uqe tinha caido na minha casa e ficava pensando caiu aki é meu…kkkk isso foi em 88 bons tempos…

  37. Robson disse:

    kkkkk lendo todas essas historias eu lembrei de uma que aconteceu comigo , um certo dia acordei bem cedinho para empinar pipa isso éra umas 7 da manhá eu era muito fébrão rsrs , ai olhei para o lado e vi meu vizinho umas 5 casas para frente da minha jogando rélo de cima da laje dele em alguma coisa no parquinho de uma creche que tem atras da minha casa , até pensei que éra um pipa ai corri e pulei pela minha laje dentro da creche e quando cheguei la tinha um chineizinho jogado la no chão ai meu vizinho encima da laje dele começou a tacar pedra em mim para eu não pegar kkkkk ai consegui pegar e sai correndo , não sei ate hoje como ele ia pegar aquele balão no rélo kkkkkk

  38. néco disse:

    eu tinha uns 6 anos de idade quando vi o primeiro balão da equipe do meu pai subir a primeira vez q vi me emocionei tanto q queria ver como ele era por dentro coloquei o rosto embaixo da boca do balão e me queimei com parafina q caia da bucha o balão era um mexerica de mais ou menos uns 3 ou 4 metros e de la pra cá eu venho colecionando cicatrizes e historias de soltura e resgates de balão

  39. erick disse:

    KKKKKKKKKKKKK Semana passada caiu um modelado de 4 metros na piscina de casa infelizmente o balão fico todo molhado so consegui salvar a bandeira e a aranha :(

  40. Ricardo ex turma da coroa-sp disse:

    quando tinha 12 anos eu acompanhava meu tio e seus amigos na soltura de balao, lembro do resgate do balao gladiaDOR DA TURMA DA SAUDADE, QUE NOS RESGATAMOS ESTA NA FOTOS DO JORNAL 1984

  41. sonho de ícaro disse:

    cansei de larga o aço nos invasores , qui em casa cai direto, agora eles batem na porta ou quem tem meu tel me liga, abro a porta e resgatamos junto…kkkk invasão é muito feio

  42. turma do bela disse:

    o resgate é um capitulo especial na vida do baloeiro. muita coisa alegre e algumas tragicas. Na minha casa, cairam 2.
    hoje em dia a aventura é nas estradinhas do campo. mas sinceramente nao se compara ao que vivemos nas decadas de 80 e 90. Derrepente era a kombi da “Alvorada” tombando na curva e “um bando de loco” saindo correndo. outro o “Moinho” de elevador no balao do “Paulistano”, sem dizer da “TZN” no meio do rio, resgatando um l3 fls. mas o que nao esqueço mesmo foram 3 “maria preta” na decada de 70. parece coisa de pescador mas é verdade. quando chegava maio e junho eu e meu amigo “Marcao” estavamos a postos com nossas bicicletas. Nosso local preferido era a regiao do alto da lapa, até a cidade universitaria. Certo domingo estavamos perto da praça panamericana quando apareceu um caixinha de l6 boiando, nao tinha muito vento e ele já vinha murcho, estava indo em direçao a cidade universitaria e só tinha nós, chegando na subida da ponte,tinha um pouco de vento por causa dos carros entao, eu fiquei de um lado da rua e o Marco na grama, ele vinha vindo ali, era nosso, porem neste momento saindo da marginal veio um basculante, e lembro até hoje que era vermelho, fez a curva e o raio do caixa vai pra dentro da cassamba. ainda acompanhamos o caminhao até o outro lado, mas o danado levou nosso balao. O outro foi um caixa tambem. em um domingo logo cedo, fui acordado pelo Marco, que batendo na janela me chamava feito loco. “acorda molenga, vamos pegar um balao”. abri a janela, olhei para ele e falei que nao dava tempo. ele com raiva mandou eu correr e era pra pegar o bambu do varal. perguntei se ele nao tinha dormido, tinha acabado de amanhecer, ele chingando. finalmente peguei o bambu e fomos correndo em direçao ao final da rua, eu nao via nada no alto e reclamava que já tinha caido, ele corria e chingava, ao chegar no final da rua la estava o caixinha. estava pindurado no suporte da luminaria esperando por nós. deu um trabalho danado pra tirar porque o bambu era curto, mas subiu naquela tarde mesmo. o outro é o mais ridiculo. domingo a tarde, estava no local onde hoje é o parque vila lobos. olhando em direçao ao Ceasa vinha um mofadinha estava alto mas vinha vindo. crusou em direçao à rua Pio XI, estava alto ainda, mas já vinha descendo, entao fui subindo a avenida que sai no cemiterio da Lapa. Nao tinha vento, mas a subida é longa, e ele estava cruzando os predios do BNH, nao dava tempo. Quando cheguei perto do cemiterio vi que estava descendo, desisti, e fui em direçao a praça, sempre olhando para a direçao do balao, depois de alguns metros ele aparece atras do predio, estava subindo de novo. Bem, resumindo ele ficou boiando ali cerca de 30 minutos, como o local é cheio de arvores e longos quarteiroes, nao tinha como correr muto, as vezes ele sumia e aparecia de novo, e neste tempo foi ajuntando gente. até que em determinado momento ele estava em cima da praça, era um mofada de 32 sem faixa, todo colorido. ali era a praça do “arvão”, uma antiga paineira. Ele vinha boiando, já sem fogo faz tempo, subia e descia, até o momento de cair de vez, ia virar picadinho pois tinha muita, muita gente, entao aconteceu o “ridiculo” o “arvao” pegou ele, ficou preso nos galhos, e uma semana depois ainda tava lá preso

  43. paulo de aguanil minas gerais disse:

    blz ale .. tbm fui dessa epoca .. catei varios baloes ali tbm.. no campo do vilardingue catei um michirica no clube dos alemao lembra ? bons tempos aqueles q nois da turma do valdir cascao ali do valparaiso .. o beleza o muchila .. nois ficava nas palmas do tremembe catando as velas de macumba e bebenbo as cachaças esperando babao.. rsrsrsrs .. blz….

Mande seu Recado: